terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Diploma da EBI/JI


Recentemente a Associação Amigos da Natureza recebeu um diploma assinado pelos alunos da EBI e do JI de Creixomil.

O texto diz:

"A Escola EBI/JI de Creixomil, passa o presente Diploma à Associação "Amigos da Natureza", em agradecimento pela colaboração e disponibilidade que sempre tem demonstrado pela nossa escola."

Foi um gesto bonito e que foi apreciado por todos os que fazem parte dos órgãos sociais. Um acto simbólico, mas que tem um inorme significado e valor para nós! Obrigado.

Da nossa parte queremos agradecer aos professores e à associação de pais não só este gesto mas, principalmente, a oportunidade que nos dão de colaborar com a escola.
É nossa vontade continuar a colaborar, não só com a escola e associação de pais, mas também com todas as demais instituições da freguesia.
Estamos, como sempre estivemos, disponíveis para colaborar com todos. Se mais não fazemos é porque não podemos ou não nos permitem que o façamos.
Há quem queira colocar uma peia nas pernas para não pudermos andar e até para forçar a nossa queda.
Vamos continuar a lutar! Este é mais um incentivo.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Ficção cientifica ou talvez não!


Japoneses planeiam ilha flutuante do futuro
(fonte: pelanatureza.pt)


Uma empresa japonesa planeia construir ilhas artificiais que serviriam de moradia à população e reduziriam em 40% as emissões de carbono. A Shimizu imagina que as mini cidades flutuantes seriam dotadas de tecnologias capazes de torná-las 100% neutras em resíduos.

O The Green Float é um conceito que envolve várias células. Cada um desses círculos teria 1 km de diâmetro, abrigando entre 10 mil e 50 mil moradores. Cada célula teria liberdade para flutuar sozinha, mas poderiam ser ligadas a outras para formar cidades maiores e até países.

No centro dessas grandes “vitórias régias” estaria o City in The Sky, um arranha céu com 1 km de altura no qual viveriam a maioria das pessoas. A torre seria cercada por pastos e florestas, permitindo a auto-suficiência em comida.

Para a construção do prédio seria usado um material super leve derivado do magnésio removido da água do mar. Cada células seria ainda dotada de um centro de reciclagem e converteria o lixo em energia.

Um sistema de lagoas de água doce cercando cada célula criaria uma diferença de pressão suficiente para evitar que as ilhas balançassem com a maré. Quanto ao perigo de tsunamis, a empresa alega que estes são um risco muito maior para quem está na costa, e não no meio do mar.

Outros sistemas de segurança incluem pára-raios nas torres e muros para conter a entrada da água.

A ideia é desenvolver a primeira célula até 2025 – e, sem dar muitos detalhes sobre as (muitas) novas tecnologias necessárias para que o The Green Float se torne realidade, a Shimizu diz estar concentrada em desenvolver os meios para tornar isso possível.

Este não é o primeiro projecto curioso proposto pela empresa. Este ano, a empresa, já propôs criar um anel de painéis solares em torno da Lua, a fim de captar energia e enviar de volta à Terra.

São, sem dúvida, projectos muito futuristas, mas acabam sempre por trazer grandes avanços nas tecnologias. Além do mais, tudo que seja reduzir a pegada ecológica, é sempre positivo.
Esperemos para ver.


quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Biodiversidade, um valor com futuro

Neste que é o ano internacional da Biodiversidade, o grupo Portucel Soporcel vai realizar, já no proximo dia 5 de Novembro, um seminário internacional subordinado ao tema "Biodiversidade, um valor com futuro", que conta com diversos oradores, nacionais e internacionais, "de peso".

O seminário irá ter lugar no Hotel Ritz em Lisboa, mas pode ser acompanhado em directo na página oficial do evento.


Tendo em conta que "a conservação da Biodiversidade depende de cada um de nós, nas várias facetas da nossa vida", aconselho a quem puder seguir on-line este evento, que o faça!


Fica aqui o link da página oficial.

Depois é só ir ao separador "Seminário em directo".


quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Sustentabilidade na recolha de lixo.


Estocolmo mostra uma forma mais sustentável de lidar com o lixo.
 
Em Estocolmo, capital da Suécia, o poder público e a população de 807 mil habitantes (dados de 2009) contam com uma alternativa ao método tradicional de colega de resíduos sólidos. Trata-se do sistema Envac, no qual as lixeiras são conectadas a tubos ligados a uma área de colecta, localizada na periferia. O objectivo é facilitar e tornar menos dispendioso a recolha do lixo.

Um sensor instalado avisa quando o contentor está cheia, e o sistema de tubos cria um vácuo que suga os resíduos, transportando-os para o local de colecta. Existem sistemas para residências, prédios comerciais e áreas públicas. Funciona da seguinte forma: os sacos de resíduos são depositados nos pontos de colecta, a qualquer momento do dia, por meio de colectores instalados nas vias e/ou edifícios.

A partir de então, os sacos são transportados por sucção e conduzidos por uma rede de tubulações subterrâneas até a central de colecta de resíduos a uma velocidade entre 60 e 80 km/h. Na central os resíduos são colectados, separados e compactados em contentores estanques, para posterior envio ao destino final. É lá também que o ar de transporte é separado do resíduo para ser tratado por um sistema de filtros antes de ser devolvido à atmosfera.

Resultados
A colecta selectiva torna-se mais fácil com o Envac, uma vez que os diferentes tipos de resíduos não são misturados durante o processo, como é feito no método tradicional. As áreas de colecta possibilitam uma diminuição na circulação do número de camiões de lixo, já que há um uso mais racional do espaço.

Em vez dos resíduos serem simplesmente colocados na calçada, na frente de cada prédio, o caminhão de colecta dirige-se somente à área onde ficam acumulados os sacos de lixo. Consequentemente, a poluição sonora e ambiental também diminui. Outro ponto importante é a redução de 30% a 40% no custo de colecta. Em Estocolmo, o Envac foi implementado nos seguintes locais:

* Södra station (2800 residências);
* Norra Hammarbyhamnen (2050 residências);
* Essinge Udde (900 residências);
* Hammarby Sjöstad (2400 residências).

Em 2010, foi ultrapassada a barreira de 600 destes sistemas instalados pelo mundo.

Fonte: EcoD

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

A fuga continua!

Em 26 de Abril reportamos uma fuga de água na Urb. S. José, em Barcelos. Algum tempo depois o problema foi solucionado. Posteriormente recebemos das Aguas de Barcelos uma missiva a agradecer a nossa chamada de atenção e a comunicar que o problema estava solucionado.

Acontece que algum tempo depois a água voltou a sair da mesma caixa de corte/distribuição. Entretanto passaram-se os meses, (e as férias) e reparo que a fuga de água ainda existe. O curioso é que frequentemente passa na rua o funcionário para tirar a leitura dos contadores, mas não vê a fuga!

A água já por lá sai há tanto tempo que até já nasceu erva no próprio passeio, perto da caixa com fuga e o terreno já cedeu, e muito!

Agora voltamos a comunicar às Aguas de Barcelos que a fuga voltou a surgir. Pensamos que seria oportuno que procedessem a uma reparação definitiva da situação e não fazer apenas uma intervenção de “remedeio”! Foi isso mesmo que sugerimos.

Qual a quantidade de água que se desperdiça por cada mês que vai passando?

Devemos todos ir alertando as entidades para estes desperdícios que vão acontecendo um pouco por todo o lado.


segunda-feira, 13 de setembro de 2010

“O LOBO, UNHA CARREIRA POLA SUPERVIVENCIA”


O Centro Galego em Lisboa da Xuventude de Galicia teve a amabilidade de convidar a Associação Amigos da Natureza para a inauguração da exposição "O Lobo, Unha Carreira Pola Supervivencia". Inauguração essa que vai ter lugar o próximo sábado 18 pelas 18.00h. no salão nobre do seu centro , situado na Rua Júlio de Andrade nº 3 Lisboa, (junto a Campo Mártires da Pátria).

Quem desejar e puder visitar a exposição, que vai decorrer até 1 de Outubro, pode encontrar  aqui mais informação.



segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Celebração de protocolo com pelanatureza.pt



Os Amigos da Natureza – Associação de Defesa do Meio Ambiente de Creixomil, Barcelos, e pelanatureza.pt® assinaram um protocolo que visa a colaboração entre si, com o objectivo de sensibilizar os utilizadores e as empresas para uma maior preservação da biodiversidade.

Os Amigos da Natureza junta-se a pelanatureza.pt® - Plataforma de Consulta ao Mercado Ambiental na Web – é um projecto que tem como objectivo primordial ir ao encontro das necessidades de uma sociedade cada vez mais global preocupada com um futuro sustentável.

De forma a incutir uma consciência ambiental, pelanatureza.pt® disponibiliza diariamente notícias sobre os mais diversos sectores, direccionadas para os mais diversos targets, dando assim a conhecer projectos já realizados em Portugal; como também projectos realizados fora do país que facilmente poderiam ser implementados em território nacional.

A presença dos Amigos da Natureza no directório de pelanatureza.pt® fará com que o nome desta entidade possa chegar ao maior número de utilizadores. De modo a facilitar o contacto com a Associação, no perfil da entidade será disponibilizado um contacto directo com a mesma.

É intenção de pelanatureza.pt® abraçar diferentes iniciativas de cariz
ambiental e coesão social, que possam trazer mais valias para os seus
intervenientes e para o projecto e, é neste âmbito que se insere o referido protocolo assinado com a entidade em questão.

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Tomada de Posição - Esclarecimento

O texto que vamos publicar de seguida foi preparado para ser publicado no nosso sítio na internet em finais do ano de 2009. No entanto, e por razões contrárias à nossa vontade, tal não foi possível.

Fazemo-lo agora neste espaço porque achamos que o seu conteúdo continua válido e porque nunca é tarde para esclarecer as eventuais dúvidas que ainda possam existir.


" A associação Amigos da Natureza - Associação de Defesa do Meio Ambiente de Creixomil depois de reunir os seus órgãos sociais, vem por este meio esclarecer o seguinte:

  1. Esta associação não está directa ou indirectamente envolvida na denúncia apresentada ao Departamento de Planeamento e Gestão Urbanística (DPGU) da Câmara Municipal de Barcelos em 18 de Maio de 2009, de uma construção no lugar do Olheiro - Creixomil, pertencente ao Sr. José Aurélio Gomes Martins, nem nas denúncias que se lhe seguiram, nomeadamente para outras entidades;
  2. Tendo em conta que todos os elementos presentes negaram qualquer envolvimento, a título pessoal, no caso em questão, a direcção mantem plena confiança em todos os elementos que compõem os órgãos sociais;
  3. Na carta dirigida ao DPGU, datada de 18 de Maio de 2009, alguém se identificou como membro da Associação dos Amigos do Ambiente. Desconhecemos a existência desta associação!
  4. Só em data posterior a essa é que a associação Amigos da Natureza - Associação de Defesa do Meio Ambiente de Creixomil foi criada por escritura pública e posteriormente deu inicio à sua actividade, como é obrigatório por lei. Não era possível nem legal fazer uso do nome “associação” antes de dar início de actividade;
  5. A associação Amigos da Natureza vem, desta forma, condenar veemente a tentativa de denegrir a imagem desta associação bem como dos membros dos seus órgãos sociais;
  6. No tocante à construção de uma habitação junto ao moinho do meio, pertencente ao Sr. José Augusto Vale Rodrigues, queremos esclarecer que não foi apresentada qualquer denúncia por parte desta associação. Apenas foi feito um pedido de esclarecimento à DPGU, ao qual recebemos posterior resposta.
  7. Tal pedido de esclarecimento deveu-se ao facto de o projecto conter falhas e omissões que, do nosso ponto de vista, eram bastante graves. Não sabemos se as falhas e omissões foram ou não propositadas, mas achamos que deveríamos obter um esclarecimento por parte da entidade que licenciou o projecto!
  8. Queremos ainda alertar que não é com insinuações e com esta tentativa de atribuir culpas à associação, por actos pelos quais não somos responsáveis, que nos vão amordaçar! Reiteramos que não é desta forma que nos vão calar ou que vão condicionar os nossos actos. Esta associação rege-se pelos seus estatutos e não pelos interesses desta ou daquela pessoa, nem para agradar a quem quer que seja, independentemente da sua posição económica, politica, religiosa ou outra. Não é com pressões e ameaças, mesmo que indirectas, que nos vão demover dos nossos objectivos e dos princípios basilares que estiveram na génese da criação da Associação Amigos da Natureza.

A direcção "

terça-feira, 6 de julho de 2010

Festa / Convívio da Levada 2010


A IV edição da Festa da Levada foi um grande sucesso.

Apesar das várias festas realizadas nesse dia em algumas freguesias limítrofes, foram muitas as pessoas que participaram nesta festa. Foi um salutar convívio com muita diversão e alegria, como se pode confirmar nas fotos.

Uma das actividades muito participada foi a caminhada "Trilho dos Moinhos" que contou com pessoas das várias freguesias do concelho mas também vindas do Porto, de Vila Nova de Gaia, Famalicão, Matosinhos e Braga. Alguns deles verdadeiros profissionais de pedestrianismo! Esta será, sem dúvida, uma actividade a repetir muitas vezes.

A associação agradece a todos os que directa ou indirectamente colaboraram com mais este evento. Só assim foi possível levar a cabo este convívio.

Bem-haja a todos os que participaram e colaboraram.


video

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Trilho dos Moinhos

Inserido nas actividades preparadas para o IV Convívio da Levada, a Associação Amigos da Natureza em colaboração com o Turismo do Município de Barcelos leva a cabo um percurso pedestre intitulado "Trilho dos Moinhos" inserido no programa anual de pedestrianismo "Caminhar para conhecer Barcelos".

Durante o percurso serão visitados dois moinhos movidos a água que estarão em pleno funcionamento. Os participantes poderão ver de perto o processo de moagem de milho como era feito antigamente.

O percurso passa também por alguns locais de muita beleza natural. Locais óptimos para uma curta pausa para descontracção e relaxe, cada vez mais necessários após o corre-corre dos nossos dias.

Aparece na Levada, em Creixomil, no próximo dia 27 ás 9:30h.

Podes ver o mapa da localização aqui!

IV Convívio da Levada

No próximo Domingo, dia 27 de Junho, realiza-se a quarta edição da festa/convívio da Levada em Creixomil, Barcelos organizada pela associação Amigos da Natureza.

A exemplo dos anos anteriores serão muitas a actividades preparadas.

Destacamos o passeio pedestre "Trilho dos Moinhos" que este ano será da parte da manhã e que terá início às 9:30h, e o passeio de ciclo turismo em BTT com início marcado para 14:30h.

Principalmente para os mais novos teremos artesãos a trabalhar o vime e o barro, não só para mostrar como se faz mas também para ensinar os interessados. Recordo que os mais novos podem, por exemplo, "meter as mãos" no barro e aprender as fazerem as suas próprias peças.

Não faltes.

Contamos contigo!


terça-feira, 18 de maio de 2010

Apresentação

Amigos da Natureza – Associação de Defesa do Meio Ambiente de Creixomil


Esta é uma associação local, sem fins lucrativos, que intervém na defesa do ambiente, ordenamento do território, conservação da natureza e do património histórico e cultural, prioritariamente no concelho de Barcelos e concelhos limítrofes e tem como objecto social:

- Salvaguardar o ambiente como um bem para a sobrevivência do homem, defendendo-o como um dever consagrado na Constituição da República;

- Denunciar os atentados ao meio ambiente e focos de poluição da natureza e intervir na sua resolução;

- Efectuar um trabalho voluntário, sério e activo na preservação do património natural, histórico e cultural do concelho de Barcelos e concelhos limítrofes.